Soldagem Robotizada na Industria Automobilística

Soluções em Robótica Industrial
20 de março de 2018
Exibir tudo

Soldagem Robotizada na Industria Automobilística

Soldagem Robotizada na Industria Automobilística

A indústria automobilística no início do século XX, com o propósito de dinamizar seu processo de produção, introduziu o conceito de linha de montagem, com o intuito de gerar uma sistematização que possibilitasse a mecanização destes processos com maior agilidade, o que passou a atender a uma maior demanda de produção.

A automação do processo de soldagem e a utilização de robôs traduzem-se principalmente por melhorias na qualidade, melhor repetibilidade, tempos de ciclo mais reduzidos e melhor controle na produção.

A qualidade obtida pelo sistema robótico é excelente, e além disto, a fadiga dos sistemas robóticos é sem dúvida muito menor que a humana, obtendo-se grande quantidade de horas trabalhadas interruptas, aumentando assim, sua produtividade.

Na maioria das linhas de montagem, os robôs de solda permanecem na célula de produção de carrocerias ou lanternagem, onde um carro popular chega a possuir 2,5 mil pontos de solda, muitos com difícil acesso para o homem.

Alguns comportamentos elevam a confiabilidade da solda, tais como o controle da tocha, como também os sensores de controle, alguns identificam falhas de soldagem, gerando parâmetros para a escolha do melhor tipo de solda.

 

Solda TIG

 

A solda TIG possui excelente controle​ de energia transferida para a peça, devido ao controle independente da fonte de calor e da adição de metal de enchimento, isso torna o processo bastante adequado para a soldagem de peças de pequenas espessuras e, aliado a excelente proteção contra contaminação, permite a soldagem de materiais de difícil soldabilidade.

Um robô pode ser uma solução bem efetiva economicamente para trabalhos de soldagem a arco.

 

Soldagem MIG/MAG

 

A soldagem MIG/MAG robotizada (soldagem com proteção gasosa e eletrodo consumível) é um exemplo de soldagem automatizada, pois o dispositivo é capaz de seguir juntas, alterando seu direcionamento e fazendo eventuais correções de forma automática, sem que seja necessária a presença do soldador.

 

Os métodos convencionais (manuais) de soldagem dão suporte aos processos robotizados, que são adaptados para uma menor perda de materiais e uma maior qualidade nos serviços de soldagem.

 

Sistema de Software KUKA: TouchSense

 

É um pacote de tecnologia de software, que pode ser adicionado opcionalmente à unidade de comando KRC4. Ele possibilita a um robô KUKA realizar localização de componentes e cordões com o maçarico de solda ou com um sensor externo. As funções, teclas de estado e formulários Inline necessários para a programação são disponibilizadas ao usuário, através da vinculação flexível de diversos sensores, o KUKA TouchSense, além da solda com gás de proteção, também pode ser usado para outras aplicações como a paletização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *